Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Um dia complicado

O talho onde costumo ir está fechado para obras. Espero que as obras não sejam apenas uma desculpa devido ao fornecedor de carne de vaca/cavalo ter sido preso. Descobri outro talho, mais pequeno mas com um senhor simpático a atender e a companhia do seu radio em alto e bom som. Fica na memória o senhor a partir um frango ao meio enquanto se ouvia o “Saber Amar” dos Delfins.

Como felizmente o meu cabelo ainda não cai, decidi também ir corta-lo. Aí a música era outra, numa onda mais Jack Johnson e afins. Como vou a um cabeleireiro unissexo calhou-me uma capa lilás. Felizmente só a cabeleireira e todas as pessoas que passavam pela rua podiam ver o meu triste aspecto.

Fui jantar fora e pedi recibo, antes que fosse apanhado em alguma operação stop, mas conseguiram se enganar no meu complicado nome: Neves não leva z!! Se calhar pela minha estranha maneira de falar a senhora pensou que eu era estrangeiro…

E no final do dia fui invadido por um sentimento de enorme nostalgia. Encontrei um papel com o saldo de conta do ano passado.