Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

A hora do reformado

Trabalhar por turnos permite ir às compras ao dia de semana, quando há menos movimento, mas existe sempre o risco de encontrar a hora do reformado.

Normalmente a hora do reformado é de manhã porque todas as pessoas com mais de sessenta anos gostam de acordar cedo. Hoje vou almoçar peixinho, pensava eu ingenuamente, até que me aproximo da bancada do peixe e avisto um ajuntamento.  Parecia que tinha acabado de chegar um autocarro das excursões patrocinadas pela junta de freguesia ou então o Pingo Doce achou por bem reservar aquela zona do supermercado para o Bingo.

No caminho para tirar a senha ainda fui ultrapassado por um senhor que se meteu pela esquerda. Era o 51 e só há bocadinho tinham chamado o 40. Fui fazer o resto das compras e quando voltei ainda só ia na senha 41.Quem estava à espera ia pondo a conversa em dia. Quando o sinal sonoro alertou que a senha seguinte era o 42 alguém exclamou “Aleluia!”. Devia estar com pressa para ir ver o Goucha. Acabei por desistir e levar uma pizza congelada para o almoço.

Na fila para pagar quem paga com multibanco engana-se no código ou carrega no OK antes de tempo. Quem decide pagar com dinheiro tem sempre o porta-moedas carregadinho de moedas de 1 cêntimo e precisa da ajuda do Caixa para as contar. Há sempre pelo menos um senhor bastante impaciente, provavelmente porque quer estar em casa na altura do Opinião Pública cujo tema é futebol.    

 

 

                                     supermercado.jpg

 

 

2 comentários

Comentar post