Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

12.Jul.17

Cenas que me fazem bastante comichão

Quando há comida envolvida, parece que existe sempre alguém a insistir que eu coma mais. Normalmente é o anfitrião, sob o pretexto que não se deve desperdiçar comida, mas nem sempre é o caso. Posso já ter comido dois croquetes, três rissóis, seis fatias de melão e dois pratos de cozido à portuguesa e no preciso momento em que estou de mãos a abanar há alguém que diz: “Ainda não vi o António/Tó/Toni a comer nada!”.

Só porque eu tenho um ar mal nutrido não significa necessariamente que passo fome. Eu tenho o meu ritmo e não lido bem com a pressão. Nunca ninguém me acusa de não beber nada.

Parece que virou moda fazer filmes com mais de duas horas de duração o que, na maior parte dos casos, não significa que sejam melhores por isso. Para mim, um filme que tenha mais de duas horas tem que estar ao nível de “ O Padrinho”, senão começo a perder o interesse.

Vou ao frigorífico, preparo uns snacks extras, apago e-mails, consulto o meu horóscopo semanal e quando olho para a televisão o filme ainda está a passar. Fiquei com o estômago aconchegado, deixei de ter na minha caixa de correio e-mails que prometem melhorar a minha vida sexual, descobri que durante a semana terei uma surpresa no campo afetivo e não cheguei a perder nada de significativo do filme.Que venham os filmes pequenos e bons.