Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Numa sala de cinema perto de si

Numa sala de cinema é possível encontrar uma grande variedade de personagens:

 

O Sofredor

É aquela pessoa que não precisa de óculos 3D para entrar dentro de um filme. “Eish!”,”Whow!”,”Óooo!” e “Eu não acredito!” são algumas das expressões mais utilizadas por ela enquanto está a ver o filme. Se for um filme de terror é capaz de gritar “Atrás de ti!!” quando o assassino está prestes a esfaquear a jovem indefesa e tapa os olhos quando o sangue começa a jorrar. É capaz de exclamar “Grande aldrabice!” mesmo se a ação do filme se desenrolar em 2080.

 

O Telemoveldependente

Apesar dos avisos para desligar o telemóvel durante o filme, ele nem sequer consegue tirar o som. Troca mensagens, verifica as últimas novidades nas redes sociais e atende chamadas como se estivesse em casa.  Os dependentes em estado mais avançado são capazes de passar níveis no Candy Crush ou ver um filme no telemóvel durante a sessão de cinema.  

 

O Desorientado

Nunca sabe bem o que é que está a acontecer no filme. Ou tem dificuldade em acompanhar as legendas ou simplesmente não sabe ler. Coitada da pessoa que está ao seu lado que tem que descodificar o filme. É capaz de começar a debater o filme, ainda vai ele a meio, e sem esperar pelo intervalo.

 

Os Pombinhos

Não importa se é as Cinquenta Sombras Mais Negras ou A Bela e o Monstro a passar no ecrã gigante. Quando as luzes se apagam, os pombinhos entram logo em ação. Beijos prolongados, corpos inspecionados, apalpações sentidas, juras de amor na altura em que o personagem principal fica sem a cabeça. No final saem de mão dada, compostos e sem saberem o que raio é que aconteceu no filme.

 

O Pipocas

Quem teve a brilhante ideia de associar pipocas a uma sessão de cinema devia ser fustigado. É que existem pessoas que simplesmente não as sabem comer. Devora pipocas como se não houvesse amanhã e o barulho que faz é deveras complicado. É capaz de andar a mexer as pipocas no balde, durante vários minutos, sem tirar nenhuma. Quando deixas de o ouvir a ruminar e pensas que o teu sofrimento acabou, estás enganado. Quando chega o intervalo, ele vai buscar mais. É aquele que também insiste em aspirar a bebida quando já só existe gelo derretido.

 

 

                                cinema.jpg

 

 

4 comentários

Comentar post