Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Inspetor Oscar

Oscar, o labrador dos meus vizinhos, vive obcecado por bolas e eu sou o seu fiel lançador. Está sempre disponível para entrar em perseguição e se a bola for parar a um local de difícil acesso não desiste até a conseguir de volta.

E se o Oscar usasse o seu talento para ajudar pessoas? Vários são os cães que ficaram famosos por fazerem o bem. A Lassie era perita em encontrar crianças que caíram no poço, o K-9 era exímio na caça ao tráfico de droga e o Max, primo do austríaco Rex, apanha criminosos e ainda consegue perceber o que o José Carlos Pereira diz.

Se o Oscar começa a ganir ou a bater com a pata nas portas de correr não é porque alguém está em apuros. Ele quer é que eu chute mais uma vez a bola ou então ela foi parar a um sítio inacessível e tenho que a resgatar antes que ele entre em depressão.

Podia tentar com que o Oscar fosse atrás dos fugitivos da prisão de Caxias mas duvido que conseguisse grandes resultados. Já é bastante complicado fazer com que ele saia de frente de uma bola para eu chutar quanto mais ir atrás de alguém que não conhece. Se os reclusos tivessem uma bola no bolso, aí sim o Oscar entrava em perseguição até ao fim do mundo. Conseguiria desativar bombas se o fio que fosse para cortar tivesse esferas.  

Para ter uma série de sucesso bastava arranjar uma parceira de combate ao crime com bastante saúde e usar bastantes truques de montagem e efeitos especiais para substituir as bolas por pessoas. Na vida real resta-me a esperança que ele aprenda a avisar-me sempre que comece a chover para eu apanhar a roupa.     

Toni, o reformado

A minha reforma só deverá começar aos oitenta anos mas mesmo assim já tenho objetivos traçados para essa altura:

Em poucas semanas serei o campeão indiscutível de dominó e farei parte da dupla imbatível do jogo da sueca no café da esquina. Os adversários irão tremer quando ouvirem o meu nome e não será só por causa de Parkinson.  

Serei presença assídua nos programas da manhã para bater palmas até que as mãos me doam e de tarde irei ligar a todos os programas de opinião para desabafar e dizer que gosto muito da apresentadora.

Nas alturas em que estiver sentado no banco do jardim virados para a estrada não estarei apenas a olhar para o vazio mas sim a jogar às matrículas e serei o melhor. Irei gravar as minhas iniciais no banco.

A troco de bom dinheiro irei dar o meu testemunho favorável ao Cálcio + que existir nessa altura. Direi que fiquei muito mais ágil e sem dores mesmo que nunca tenha tomado nenhum.

Na época natalícia serei o Pai Natal do shopping mais perto de casa para ouvir parte dos pedidos de uma ou duas crianças e para meter conversa com as ajudantes crescidas e saudáveis.   

Sócrates TV

Mude para a Sócrates TV e acompanhe 24 horas por dia a entrada do prédio que dá acesso à casa da ex-mulher do antigo primeiro-ministro.

Veja a chegada em direto das refeições de Sócrates e entrevistas em exclusivo com os entregadores. Fique a saber se o antigo recluso de Évora está a ter uma alimentação equilibrada e quais os sonhos e ambições de quem trouxe a comida.

Saiba como Sócrates irá votar nas eleições legislativas e se ganhará o concurso Sexy Preso Domiciliário Platina 2015. Pode haver a possibilidade de acolher um refugiado sírio.  

Conheça quem visita Sócrates e acompanhe o contador das visitas de Mário Soares. Não perca a análise detalhada da foto de Sócrates no jantar que organizou no dia do debate entre Passos Coelho e António Costa.

A sua relação com os vizinhos também será meticulosamente examinada. Será Sócrates um bom vizinho? Será que alguma vez pediu salsa ou uma mala com dinheiro a algum habitante do prédio?

Brevemente no canal 33 da sua televisão.

Os Amigos de Gaspar

Numa noite onde o Sarr foi uma besta, as campanhas dos Tonis chegaram ao fim e onde Passos garantiu que nada recebeu, alguém manda uma suposta piada sobre os Amigos de Gaspar. Como fui insensível ao alegado dizer humorístico, o cómico de serviço disse para eu falar sobre isso no blog. Como ainda faltava bastante até ao fim do turno eu aceitei o desafio.

A série passou na RTP de 1986 a 1989, altura essa em que eu ainda não sabia o que era trabalhar por turnos, e contava as aventuras de Gaspar e dos seus amigos Clarinha, Romão, Marta e um tipo chamado Farturas (de certeza que os pais conheceram-se numa feira). E tudo isto com música do Sérgio Godinho.

Existia também o Guarda Serôdio que controlava o parque e galinhas e o Professor que passava a vida a criar invenções mas não teve sequer direito a um nome próprio. Havia também um ouriço falante de nome Manjerico que muito possivelmente seria uma tentativa falhada do Professor em fazer uma droga viciante para pagar as contas. Atitude essa bastante compreensível porque não era uma altura fácil, o Cavaco era primeiro-ministro.

 

 

Televisão de madrugada

Ver televisão de madrugada é a derradeira oportunidade de rever as novelas Olhos nos Olhos e Vila Faia. Infelizmente a RTP já deixou de transmitir o Windeck.
A TVI transmite clássicos do cinema tais como o " Segredos de RA" que é o segundo capítulo da saga de dançarinos extraordinários. A CMTV transmite filmes com bolinha e o Mundo Louco.
No National Geographic é possível ver o Presos no Estrangeiro e torcer para que consigam passar com as drogas pelo aeroporto sem serem apanhados.
Na televendas existem mangueiras que esticam, um produto que esconde olheiras e bicicletas de sofá.
A RTP de madrugada também repete os programas Odisseia e Herman 2010. O programa do Herman já é um bocado antigo mas não o suficiente para entrar na programação da RTP Memória.

Régie O Filme

Já foram feitos filmes no espaço, em cubos e até num caixão mas nunca houve um filme passado somente numa régie.

Haveria a incerteza de uma peça ou de um direto não estar pronto a tempo e a ansiedade de um trabalhador para ser rendido a horas.

Era possível ouvir a indicação de números, contagens decrescentes e os ocasionais gritos “Olha a frase!”, “Olha o teleponto!” ou “Os político são todos uma cambada!”

A ilusão estaria presente no filme pela possibilidade das cores que aparecessem na televisão não serem idênticas com a realidade.

Haveria momentos de alguma exaltação devido aos horários de trabalho serem maus, pela pouca vontade de estarem a trabalhar nesse dia e de não haver água na máquina de café. Momentos esses pontuados pelo bocejar do informático que não tem uma vida fácil.

O filme seria considerado por muitos um magnífico estudo da natureza humana e o João Lopes daria quatro estrelas.

Turno da noite

Trabalhar de noite não é uma vida fácil. Normalmente o turno noturno é o mais calmo e há que arranjar o que fazer nos tempos mortos até do fim da noite.

Ver um filme normalmente é a primeira escolha mas passado um certo número de noites começa a ser difícil encontrar um filme para se ver. Chegasse ao ponto de se considerar Tico e Teco: Sarilhos na Árvore como uma opção válida.

Sem filme para ficar acordado sempre há as televendas com o seu spray maravilha contra as varizes onde são mostradas pernas num estado tal que não é recomendado a pessoas mais sensíveis.

A RTP passa uma novela com freiras e padres bastante sinistra. As freiras auto flagelam-se e os padres não são vistos com crianças. Na SIC existe o programa Etnias onde ocasionalmente apareça uma mulher a dançar com uma pandeireta e a TVI repete as novelas antigas.

Mas a TVI já chegou a passar um programa vencedor que sem motivo aparente deixou de transmitir. Voltem a pôr os Batanetes às 4 da manhã!!

Já não vou ser pai

Sempre pensei que a notícia, se alguma vez chegasse, seria recebida num consultório médico num dia de chuva intensa onde a minha médica de família, depois de analisar os testes médicos, diria com um ar pesado: “António você não pode ter filhos!”.

Afinal a notícia chegou numa tarde solarenga no meu trabalho via site do Correio da Manhã: “Ver muita televisão prejudica o esperma”. Ora eu que no trabalho sou obrigado a ver televisão, se for confiar no estudo feito pelos rapazes de Harvard não preciso de fazer testes para saber do meu triste futuro sem descendência.

Por outro lado o estudo também salienta que quem faz bastante exercício físico tem uma concentração elevada de espermatozoides. Espero que o futebol e as corridas que vou fazendo me sirvam para me salvar deste triste fado. Tinha tantos planos para o meu Tony Júnior…

Para quem pediu mais TVI

Ontem arrancou o canal +TVI e estou algo desapontado com a programação. Ficam aqui algumas sugestões:

Um programa infantil apresentado pela India Malhoa com a participação da Alexandra Lencastre para assustar as criancinhas.

A Teresa Guilherme com um programa de conselhos matrimoniais

Uma reportagem especial sobre o Leonardo Jardim e a mulher do presidente do Olympiacos.

A Alexandra Solnado a entrevistar a Maddie.

Um minuto zen com a Fanny.

Um programa sobre a vida dos famosos apresentado pelo Nuno Eiró com um contador dos namorados da Marta Leite Castro.

Se a programação fosse assim ainda via uns bons 2 minutos…