Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

12.Out.17

Só vim cá para animar a Malta

waitaiumabeca
Visitar Malta é a oportunidade única de dizer “Venho cá para animar a Malta”, “À beira da Valeta”, “Estou no Gozo” e de conhecer a fábrica dos Maltesers. Depois de ver-me grego para chegar a Malta, culpa da escala em Atenas, continuei grego para encontrar a casa onde ficaria a dormir. Chego, já o sol se tinha posto, à morada que o Airbnb indicava mas nem sinal do número 21. Os malteses que estavam na rua, a por a conversa em dia, foram bastante afáveis mas também não (...)
02.Out.17

Adeus Boneca

waitaiumabeca
Esta é a última foto que tirei à Boneca. A gata nunca foi minha. Quando eu decidi para cá morar ela já frequentava a zona há bastante tempo e, talvez por isso, via com bastante naturalidade as visitas à minha casa. Ao princípio ainda lhe tentei explicar que o meu lar não era nenhuma guesthouse animal ou algo do género mas ela teimava sempre em voltar, então acabei por ceder e abrir o estabelecimento. Deixava ela passear, esticar-se ao comprido no chão, ia com ela até ao (...)
29.Set.17

Nós é que escolhemos o Presidente da Junta

waitaiumabeca
É já no domingo o dia das eleições autárquicas e existem candidaturas para todos os gostos. Há quem tenha tido problemas com a justiça, quem não goste de ciganos, quem queira uma estação de metro em cada esquina, quem defenda lugares só para mulheres nos autocarros e quem prometa ampliar o cemitério. Acho estranho que ainda nenhum candidato tenha prometido apagar a derrota do Benfica em Basileia da história do futebol. É possível ver candidatos fora da sua zona de conforto, (...)
27.Set.17

Voo noturno

waitaiumabeca
Partida à meia-noite de Lisboa e chegada a Atenas às seis da manhã. Sempre dá para dormir um bocado no avião, pensei eu ao reservar o voo, sem me lembrar que os gregos estão duas horas à frente do nosso país.   Quando me aproximo do 21 A, está um jovem sentado ao lado, com um ar bastante sonolento que se levanta a custo para eu me sentar. Quando percebe que não está ninguém no lugar junto ao corredor, sentasse nele para ficar mais à vontade. O avião ainda não tinha (...)
07.Set.17

Pedras no caminho

waitaiumabeca
Posso não precisar de acordar cedo mas às oito e meia da matina, mais minuto menos minuto, tenho acordado com as obras no jardim do condomínio. O meu despertador é da idade da pedra. Fecho todas as janelas antes de adormecer mas mesmo assim acordo com o martelar das pedras de calçada, com as conversas que têm entre eles e com o tocar do telemóvel de um trabalhador bastante solicitado. Todos os dias acordo ao som dos Man At Work. Tenho que ter fechadas as portas alumínio, que estão (...)
01.Set.17

Cenas que me fazem urticária

waitaiumabeca
Bolinhas, Pantufas, Fofa, Almôndega… os nomes queridos e fofinhos dados aos animais de estimação estão a perder terreno para os nomes de pessoas. Já é considerado normal ouvir na rua um “ Busca João!”, “Senta Raquel!” ou um “Dá a pata Carina Vanessa!”. Até existem nomes que passaram a ser mais comuns em animais do que em pessoas. Óscar, o nome do labrador dependente de bolas dos meus vizinhos, já é mais utilizado em animais de quatro patas do que no registo civil. H (...)
24.Ago.17

Uma aventura musical no Norte

waitaiumabeca
Sábado foi dia de ir ao Festival de Paredes de Coura. Decidimos ir de avião até ao Porto onde depois tínhamos boleia até ao recinto. Fiquei sentado à janela mas separado dos meus amigos. Quando o João Pestana começou a aterrar no meu lugar, senti a presença de um telemóvel esticado à minha frente. A senhora que estava ao meu lado fazia bastante questão de tirar fotos do céu. Acabei por me voluntariar e tirar umas quantas fotos. Entre o meu trabalho de fotógrafo amador e a (...)
15.Ago.17

Já não há estrelas no céu

waitaiumabeca
A noite de sábado era noite de chuva de estrelas. Dizem os entendidos que se deve procurar uma zona com pouca luminosidade e como tal escolhemos a Praia das Maçãs. Cada um trouxe a sua toalha e a ideia era estarmos todos de papo para o ar e ver as estrelas a cair. Claro que a ideia era bastante engraçada mas em Sintra há sempre o fator frio e nevoeiro a considerar. O expert em estrelas do grupo disse que tínhamos que olhar para noroeste, onde a Cassiopeia, uma espécie de duplo v do (...)
10.Ago.17

E tudo o vento leva

waitaiumabeca
Confesso que nunca vi o clássico de 1939 “ E Tudo o Vento Levou” mas aposto que no preciso momento em que Clark Gable beija Vivien Leigh não estava nem metade do vento que agora se faz sentir. Os Scorpions bem que cantam e desencantam a música “Wind of Change” mas este vento, em pleno Agosto, só serve mesmo para chatear. Uma simples ida à praia para apanhar banhos de sol pode se tornar num desporto radical. As pedras no caminho servem para segurar a toalha na areia e o risco (...)
31.Jul.17

Quero gémeos

waitaiumabeca
Se o Jay-Z e o Ronaldo conseguiram ser pais de gémeos, eu também consigo. Não tenho filhos mas se alguma vez alcançar o estatuto de pai, quero que sejam gémeos. Desconheço a lei mas de certeza que teria o dobro de dias de licença parental. Para que tal aconteça, terei que perguntar, logo no primeiro encontro, se ela tem historial de gémeos na família.    Desejo sobretudo que sejam rapazes. Teriam os dois o nome de António mas, em honra da minha vida dupla, um seria conhecido (...)