Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

02.Jan.16

Um 2016 com muita paz, amor e saudinha da boa

Noite de passagem de ano e ainda não sabíamos qual o local para passarmos a meia-noite. Como estava frio e havia quem estivesse algo adoentada decidimos, já em andamento, ir até Sintra.

Depois de uma voltinha para se ver as luzes de Natal, parámos no único bar/restaurante aberto. Lá dentro os ABBA tocavam e a bola de espelhos iluminava uma pista de dança composta por três senhoras com os seus cinquenta e muitos e os seus vestidos cintilantes que até chegavam a ferir a vista. O ambiente estava bastante alternativo e por isso mal acabámos as nossas bebidas seguimos à nossa vida. Lá fora circulavam pessoas com cartolas e um tipo a fazer uma espécie de serenata num inglês bastante aldrabado a uma miúda que claramente merecia melhor.

Seguimos até ao miradouro de Santa Eufémia para podermos ver vários fogos-de-artifício ao mesmo tempo. O caminho até ao topo não era iluminado e sem lanterna guiámo-nos apenas pelas luzes do telemóvel e esperámos que nenhuma pedra se atravessasse no caminho.

Lá no alto havia quem dissesse que mais à direita ficava Lisboa e que uma zona sem luz era o Monsanto ou Belas. Eu apostei que o primeiro fogo-de-artifício a chegar aos céus seria verde. Como não havia ninguém com um megafone para fazer a contagem decrescente tivemos que aceder à internet para conseguir uma contagem precisa. Houve fogos-de-artifício que começaram mais cedo. Não tínhamos passas mas mesmo assim desejei saúde, paz, amor e um Sporting campeão.

Como a minha vida não é fácil, não podia passar o primeiro dia do ano a vegetar no sofá a ver filmes e a mensagem de Natal do Cavaco na íntegra porque tinha que trabalhar. Apesar de não ser um dia fácil para executar qualquer tipo de função havia boa disposição e o forte desejo de paz, amor e saudinha da boa a todos os que estavam presentes nesse dia complicado.

.