Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Uma História de Violência

O jovem Zé Tó é um fervoroso adepto do Canelas que nunca perde uma exibição de artes marciais da sua equipa, mas irá faltar ao jogo com o Maia porque tem marcada uma viagem de finalistas para o sul de Espanha.

Acorda bastante azamboado no chão do seu quarto de hotel em Torremolinos. Os candeeiros foram arrancados, a televisão está na banheira, o colchão está em parte incerta e no que resta das paredes está escrito a azul e branco “Macaco Rules”. Tem uma ligeira dor no joelho mas não se lembra de nada do que aconteceu na noite passada. Sai a cambalear do seu quarto e aos poucos vai percebendo que todos os alunos têm ordens para abandonar o hotel. De certeza que o gerente é o Dijsselbloem.

Conseguiram voo de regresso na United Arlines mas o avião estava sobrelotado. Os funcionários/guardas prisionais rapidamente começaram a arrastar pessoas para fora do avião. Quando Zé Tó estava prestes a ser agarrado pelos colarinhos, começou a confusão no avião. Carlão tinha escolhido o passageiro errado para expulsar do avião. Era Samaris o grego, que disferiu um murro no funcionário com tal força que não foram necessárias repetições para perceber a intensidade dele.

O caos fez check-in e todos os passageiros fizeram questão de o receber. No meio da confusão o Zé Tó ainda conseguiu atingir alguém com o joelho que não estava dorido. Depois de cadeiras arrancadas e de alguns cintos de segurança serem usados para estrangulamentos, foi concedida a vitória aos passageiros e o avião acabou por levantar voo. O avião acabou por aterrar, sem grandes percalços, na prisão de Guantánamo.         

4 comentários

Comentar post