Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

10.Dez.19

12 horas sem comer

Tive o privilégio de ser convocado para a medicina do trabalho, o que me garante doze magníficas horas em jejum. Metade do dia sem colocar um único alimento no estômago. Se quiser perder peso, basta estar constantemente a fazer análises.

Para aguentar tanto tempo sem comer, convém que a última refeição seja das boas. Um bom cozido à portuguesa acompanhado com favas e feijoada à transmontana poderá ser a solução ideal para aconchegar o estômago durante a privação de alimentos. Como só jantei um simples hambúrguer com batatas de pacote, passei o resto da noite a olhar para o frigorífico.

Nunca tenho fome de manhã, mas acordei só a pensar em comida. Só queria um típico pequeno-almoço inglês, com direito a uma salsicha extra. Visivelmente enfraquecido, viajei de comboio e metro até à clínica. Foi já quase a desfalecer que me tiraram sangue, e ainda fui obrigado a fazer pontaria para um recipiente, para analisarem a minha urina. Com as análises feitas dirigi-me à receção, onde a senhora me deu permissão para ir comer. Fui em passo acelerado até ao primeiro café que consegui encontrar. Acabei apenas por comer uma merenda mista, acompanhada por um café. Regressei à clínica e esperei três horas para ser atendido. Ansioso pela próxima convocatória.

O blog virou livro! Compre aqui.

                    no_eating_prohibition_sign-1.png

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.