Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

07.Ago.17

Clube de Trabalhadores de Agosto

A vida de um trabalhador de Agosto não é fácil. Quando meio mundo está na praia ou na piscina, agarrada uma cerveja fresquinha ou a um flamingo cor-de-rosa, o trabalhador de Agosto está no seu posto a consultar as redes sociais, na esperança de receber, via telemóvel, uma réstia de liberdade, e agarrado ao seu copo de água, pelo qual esperou uns bons 3 minutos, porque há quem decida levar garrafas de litro e meio ao bebedouro para encher.

Até que numa tarde, na fila do bebedouro, um toni afirma que se estaria bem melhor na piscina insuflável do seu miúdo. E assim nasceu o Clube dos Trabalhadores de Agosto.

A piscina, um mini frigorifico e quatro cadeiras são colocadas no parque de estacionamento, nos lugares dos diretores que nunca aparecem em Agosto, o Spotify vai tocando o “Meu querido mês de Agosto”, “Eu gosto é do Verão” e outras músicas veraneantes, e um patinho de borracha fica a tomar conta do espaço.

Para pertencer ao Clube dos Trabalhadores de Agosto é fundamental cumprir oito regras:

  • Nunca falar sobre o Clube dos Trabalhadores de Agosto
  • Nunca falar sobre o Clube dos Trabalhadores de Agosto
  • Uma pessoa de cada vez na piscina
  • Sem camisa, sem sapatos
  • Máximo de 5 minutos na piscina (tem que dar para todos)
  • Quando alguém lançar um monitor para a piscina, o tempo acabou.
  • Se for o primeiro dia no Clube dos Trabalhadores de Agosto, tem que entrar de chapão e voltar a encher a piscina.
  • Proibido passar a música do Despacito

 

Com a criação do clube, trabalhar em Agosto passou a ser bem mais tolerável.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.