Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

18.Dez.17

Correr para aquecer

Runner que é Runner acorda cedo num gélido domingo para fazer dez quilómetros. Onyria Running Challenge é o nome da prova e todas as verbas da corrida serão entregues ao CRID, uma instituição solidária que não tem qualquer relação com ex-presidente da Raríssimas.

O ponto de partida é próximo do Farol da Guia em Cascais, que nada tem a ver com o famoso frango da Guia. Frango não é gourmet o suficiente para aquela zona, teria que ser um faisão. Recebi o número 192, alfinetes-de-dama e um gorro do Pai Natal. Ainda fiz o aquecimento da cabeça com ele, mas não o utilizei na corrida para evitar transpirações e a perseguição por parte de crianças, duendes e renas.  

“Devia ter treinado mais” e “Devia ter ficado na cama” foram os pensamentos que mais me acompanharam durante a prova. Na parte final andei quase sempre afastado de qualquer atleta, por isso, quando comecei a ver a meta, comecei a imaginar qual a melhor maneira de terminar. Será que acabo com os tradicionais “vês” de vitória? À caranguejo? Com um salto para a frente mostrando a língua e os polegares? Enquanto a minha mente circulava em excesso de velocidade, um toni ultrapassa-me e posiciona-se à minha frente, no preciso momento em que a foto de chegada é tirada.

Foi um épico de Natal estragado por um Grinch Runner.     

 

               corridafrio.jpg

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.