Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

18.Mar.19

Várias crianças e um toni

waitaiumabeca
Depois da minha corrida de final do dia, deparei-me com o trampolim, que está montado no jardim, lotado com crianças bastante activas. Havia festa no condomínio e eu no rés-do-chão, a escassos metros da zona de maior intensidade. Não foi preciso esperar muito tempo para aparecer o primeiro explorador. Agarrado à sua almofada em forma de smile, aproveitou que a porta de correr estava encostada e entrou, pronto para fazer uma inspecção bastante detalhada à minha casa, sem mostrar a (...)
20.Set.18

Férias com os filhos... dos outros

waitaiumabeca
De manhã recebo uma chamada do filho do meu vizinho com o seguinte pedido: “Toni, faz arroz que nós vamos aí almoçar!”. Eu fiz e eles apareceram. Quando o Miguel, que tem nove anos, e a Madalena, que tem quatro, perceberam que eu estava de férias insistiram com bastante veemência para eu ir com eles até ao Algarve. De noite já seguia no carro na companhia deles até Alte ao som de “Toy” da Netta e de “Coração Não Tem Idade (Vou Beijar) ” do Toy. A atração número (...)
11.Jan.17

Mais um dia complicado

waitaiumabeca
Acordei com sono. Parece que estou de ressaca de uma noite numa discoteca de rock distorcido mas esse evento já ocorreu há uns dias. Devia dar um jeito à casa mas o meu gene procrastinador levou a melhor. Vou vendo o que se passa nas redes sociais na esperança que o meu telemóvel colabore. Ele está lento, com a bateria viciada e por vezes até trabalha sozinho mas ainda não é desta que o vou mandar abater. Talvez dure até ao carnaval.   Posso estar de folga do trabalho mas tenho (...)
25.Mai.16

Três crianças e um Toni

waitaiumabeca
Acabei de dar uma limpeza à casa, sentei-me no sofá para ver o resto do Porto contra o Braga e quando ainda me estava a ajeitar comecei a sentir que estava a ser vigiado. Havia uma festa de anos no condomínio e havia crianças a brincar no jardim. Estando eu no rés-do-chão era o alvo perfeito. Comecei por tentar assustá-las, até pus a gola que trouxe do Rock in Rio na cabeça, mas elas acabavam sempre por voltar. Depois de algumas correrias o rapaz do grupo apresentou-se e muito (...)
30.Jan.13

Elas são o futuro

waitaiumabeca
Gosto de crianças, mas não tanto como o Carlos Cruz. Acredito sinceramente que elas são o futuro. Sempre que vejo um pequenote imagino sempre um futuro sportinguista. E não há melhor maneira de preparar uma criança para um futuro incerto como torna-la do Sporting. E se a criança viver perto melhor, há sempre a hipótese de a ensinar a ir buscar o correio ou até mesmo ir ao frigorífico para tirar uma cerveja. Com um pouco de persistência e paciência podem ser uma ajuda para a vida. E por falar em infância, desde o grupo Onda Choc nos anos 90 que não se falava tanto sobre uma onda em Portugal.