Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

29.Out.19

Fim-de-semana para a Guinness

waitaiumabeca
Fim-de-semana em Dublin para comemorar o quadragésimo aniversário de um amigo. O grande objectivo da viagem: beber Guinnesses até vomitar um arco-íris de cerveja. Não levei calçado apropriado para o Riverdance, mas levei as chaves do meu carro no bolso, apesar de ele ter ficado em Portugal. Mas antes de começarmos a dança do álcool, fomos à Guinness Storehouse para descobrir como é que é feita a cerveja que nos fará ver duendes. Percorremos sete andares, em busca de toda a (...)
30.Abr.19

Toni nas Neves

waitaiumabeca
Viagem até à Islândia. Sendo a minha primeira viagem por terras de gelo, decidi equipar-me a rigor. Percorri várias lojas desportivas em busca das calças e botas de neve mais baratas. Por um preço bastante razoável, consegui ficar preparado para o frio islandês. Como era uma viagem low cost, foi uma luta colocar toda a roupa polar numa única mochila. Acabei por ir equipado com as calças e as botas até ao aeroporto. Antes da Islândia, havia uma escala no aeroporto de Luton por (...)
28.Nov.18

Tony English

waitaiumabeca
Ida a Londres para visitar amigos. Às sete da matina já andava eu nas nuvens, a caminho de Stansted. Na última vez que visitei a capital inglesa, fiquei por lá retido devido a uma nuvem vulcânica. Lá em cima estava sol, mas com a aterragem chegou o nevoeiro e a chuva. Tinha adquirido o pacote completo da Experiência Reino Unido. Cheguei à estação de Victoria através de um autocarro que seguiu sempre em sentido contrário ao hábito do comum dos tonis. Segui a pé para rever o (...)
22.Jun.18

Les aventures de Toni

waitaiumabeca
Posso não saber flamengo mas sei as palavras francesas essenciais para sobreviver na Bélgica: “chocolat” e “bière”. As palavras “croissant”, “baguete”, “necessaire” e “mezzanine” poderão também ser úteis durante a viagem. Chegámos a Bruxelas, mais tarde do que previsto devido ao atraso do voo, e fomos largar as malas em casa para começar a fazer o reconhecimento da zona. Encontrámos o bar mais próximo, o minimercado aberto até de madrugada e o café (...)
19.Jun.18

Anda comigo procurar o avião

waitaiumabeca
Já chegámos algo atrasados porque só quando entrámos na linha vermelha é que descobrimos que a estação do metro para o aeroporto estava encerrada. No ecrã das partidas nem sinal do nosso voo. Perguntei ao senhor da Ryanair e ele jurou que o voo não tinha sido cancelado mas que não sabia o porque de não estar a aparecer no ecrã. Passámos pelo controlo sem problemas e quando voltámos a olhar para o monitor ainda não havia sinal dele. Será que estamos no dia certo? Será que (...)
30.Out.17

Um quarto e cinco desconhecidos

waitaiumabeca
O relógio já passa das duas da matina e vou passar a noite num quarto com cinco desconhecidos. Entro com uma grande vontade de acender a luz e desejar uma boa noite aos ocupantes mas este ato de grande civismo poderia ser mal interpretado. Numa das camas de topo encontra-se uma jovem de volta do seu telemóvel, o que me providenciou luz suficiente para descobrir o meu cacifo, com um cadeado pouco fiável, e a cama. Calhou-me o lugar de cima de um beliche, o que complicou a logística do (...)
12.Out.17

Só vim cá para animar a Malta

waitaiumabeca
Visitar Malta é a oportunidade única de dizer “Venho cá para animar a Malta”, “À beira da Valeta”, “Estou no Gozo” e de conhecer a fábrica dos Maltesers. Depois de ver-me grego para chegar a Malta, culpa da escala em Atenas, continuei grego para encontrar a casa onde ficaria a dormir. Chego, já o sol se tinha posto, à morada que o Airbnb indicava mas nem sinal do número 21. Os malteses que estavam na rua, a por a conversa em dia, foram bastante afáveis mas também não (...)
27.Set.17

Voo noturno

waitaiumabeca
Partida à meia-noite de Lisboa e chegada a Atenas às seis da manhã. Sempre dá para dormir um bocado no avião, pensei eu ao reservar o voo, sem me lembrar que os gregos estão duas horas à frente do nosso país.   Quando me aproximo do 21 A, está um jovem sentado ao lado, com um ar bastante sonolento que se levanta a custo para eu me sentar. Quando percebe que não está ninguém no lugar junto ao corredor, sentasse nele para ficar mais à vontade. O avião ainda não tinha (...)
09.Mai.17

Tony Highlander

waitaiumabeca
Antes de partir rumo à Escócia fiz o trabalho de casa. Sabia que o país tem bastantes castelos, um monstro num lago e whisky do bom. Vi os dois Trainspotting, o Braveheart, o Último Rei da Escócia, que tem um título enganador porque toda a ação é passada no Uganda, e ouvi um best of de gaitas de foles. Tinha a perfeita noção que não tinha pernas para usar um kilt. Mal pus os pés em Glasgow passei a ser o bravo Tony Snows do clã Snows, que chegou, quando noite já ia longa, ao (...)
06.Out.16

O que acontece em Berlim, fica parte no blog

waitaiumabeca
Numa quarta-feira fui conhecer Berlim. No voo de ida, sentado à nossa frente, calhou estar um conhecido do meu amigo, português mas a viver em Berlim, que por acaso até tem um bar perto do sítio onde íamos ficar. Com a ajuda dele e dos seus amigos chegámos rapidamente ao nosso destino. Há nossa espera, na estação de metro, estava um comité de senhores algo duvidosos que desejavam saber se queríamos “weed”. Houve um que até nos perseguiu um bons metros só para tentar vender (...)