Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

21.Mai.18

Até que a barriga me doa

waitaiumabeca
Tenho a mania que sou um atleta de alta competição. Pratico futebol uma a duas vezes por semana, faço as minhas corridas ao final do dia e longas caminhadas do carro para o trabalho para evitar o pagamento de parquímetro. Até que um dia senti uma dor na barriga.Uma dor que se foi intensificando até me sentir obrigado a sair a meio de um jogo. Antes de perguntar ao senhor doutor perguntei ao senhor Google o que poderia ser essa dor. E numa questão de minutos já tinha todos os (...)
15.Mai.18

Vergonha

waitaiumabeca
Em 2015 fui ao Jamor ver a final da Taça entre o Sporting e o Braga. O jogo foi complicado, como habitual, mas numa épica reviravolta o Sporting conseguiu empatar o jogo e vencer nos penalties. Festejei com os amigos e com os vizinhos de bancada e pensei seriamente em dar o nome de Rui Slimani Montero a um filho que algum dia possa ter.Este ano estamos novamente na final mas o clima entre a equipa e o presidente tem-se deteriorado de dia para dia e que culminou hoje em surreais (...)
09.Mai.18

Estou com as moscas

waitaiumabeca
Elas andam aí e movimentam-se em grupo. As moscas escolhem dentro de casa o melhor espaço aéreo e, sem necessitarem de música, começam a sua performance que parece ser uma mistura de dança moderna com um “moche” num concerto de música pesada. Existe também a solitária que vê televisão colada ao ecrã e que considera as tuas pernas um bom sítio para aterrar.Longe vai o tempo do velhinho mata moscas manual. Em 1984 o Sr. Miyagi até conseguia apanhar moscas com pauzinhos. Eu (...)
03.Mai.18

34 e não é fácil

waitaiumabeca
O dia do meu aniversário é sempre complicado. Nunca gostei de comemorar a data e estive quase para ir até aos Açores, só para ter direito a mais uma hora nos trinta e três. Para o ano vou até ao Alasca, onde são menos nove horas, para fazer amizade com as focas e atirar bolas ao Oscar, o urso polar.  Custa-me ainda crer que já ando pelos trinta e quatro. Hoje até partilhei numa rede social uma foto de quando era pequeno, o que pode muito bem ser um sintoma da síndrome do Peter (...)
16.Abr.18

Obrigado Waze

waitaiumabeca
Obrigado Waze por mostrares o caminho nas alturas mais complicadas. Sempre que não conheço o trajeto mais indicado para atingir o meu objetivo, o que acontece a maior parte das vezes, estás sempre presente e disponível para ajudar.Tens a perfeita noção de tudo o que está acontecer em meu redor. Se houver pedras no caminho tu sabes como as evitar. Sendo tu o meu apoio na estrada, mereces um suporte adequado e não andar nas mãos do passageiro ou deitado no banco, na esperança que (...)
11.Abr.18

Amor à primeira apitadela

waitaiumabeca
Estou ciente da minha função. Como vivo no rés-do-chão, costumo receber várias visitas do Oscar, o labrador dos vizinhos de cima, com o objetivo de chutar uma bola o mais longe possível. Já é uma tarefa a que estou mais do que habituado, até o dia em que ele apareceu trazendo uma bola com apito na boca.Já chutei bolas de ténis, de futebol e até de râguebi, mas uma bola com apito é algo de muito complicado. O Oscar já não precisa de espreitar para dentro da minha casa e de (...)
05.Abr.18

Toni, o procurador

waitaiumabeca
Pediram-me para ser procurador na venda de um imóvel, porque o interessado ia passar fora as férias da Páscoa. Eu, sendo o toni que sou, acabei por aceitar. Já me pediram para procurar muita coisa mas nunca fui procurador de ninguém e com tal não sabia bem qual seria o protocolo para esse tipo de acontecimento. Será que tenho que ir de fato e gravata ou tenho que me apresentar à imagem de quem eu represento? Se fosse a segunda hipótese lá teria eu que andar com um pullover às costas. Responder a um quiz sobre quem eu iria representar, comentar a atual situação do mercado imobiliário ou cantar o hino nacional foram hipóteses que me passaram pela cabeça mas que acabaram por não se realizar.
22.Mar.18

Correr por uma árvore

waitaiumabeca
A probabilidade de apanhar uma grande molha era alta, mas sendo o toni que sou, não podia deixar de participar na Corrida da Árvore e levar o vegetal para casa. Todas as árvores precisam de água para crescer, mas se a tempestade Hugo decidisse aparecer, nem precisariam de ser plantadas para assistir em direto ao nascimento de uma nova floresta.Tinha sono e poucas horas de treino nas pernas. Reparei que os meus ténis já tiveram melhores dias e que o risco de infiltrações é elevado. (...)
19.Mar.18

Adeus Guma

waitaiumabeca
O Guma partiu ontem. Durante os seus primeiros meses no jardim tratei-o por Buma e talvez por isso ele ladrava para mim e insistia em se aliviar no meu estendal, carregadinho com roupa para secar. Com o passar do tempo acabei por conseguir ganhar a confiança dele, muito por culpa das bolachas tostadas que lhe dava sempre que se aproximava. Apesar de já ser um cão ancião, sempre que via uma nesga do portão aberta lá ia ele à sua vida, correndo o risco de já não conseguir voltar. (...)
15.Mar.18

Cenas que me fazem alguma comichão

waitaiumabeca
Sou totalmente a favor da liberdade criativa mas no Brasil podia haver alguém que tentasse fazer com que os pais pensassem duas vezes antes de dar o nome ao seu bebé. É a criança que acaba por sofrer no final. Parece que vale tudo na altura de dar o nome. Os comuns Andrés, Josés ou Isabéis são preteridos por Fransérgios (uma clara fusão de Francisco com Sérgio), Dráusios e Deuslandias. Acredito piamente que seja permitido, ou que até exista, alguém com o nome Rocky Batista e (...)