Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

Wait aí uma beca

A minha vida não é fácil

14.Jan.22

Ano novo, viatura nova

waitaiumabeca
Adquiri, no final do ano passado, um carro novinho em folha, que veio diretamente da fábrica para o stand e do stand para mim. Sempre tive carros de pouca cilindrada comprados em segunda, terceira ou décima quinta mão, por isso não estava habituado a tanto luxo. Agora tenho botões na chave para abrir e para fechar portas, no painel de instrumentos tenho a indicação de tudo e mais alguma coisa e o rádio não necessita de pancadas para trabalhar. Modernices. A emoção era tanta que (...)
12.Nov.21

O caso da Pen desaparecida

waitaiumabeca
Era uma pen drive recente, de cor preta, com uma argola azul clara na ponta e com sessenta e quatro gigas pouco usados. Numa das faces possuía a inscrição “Kingston”, mas sempre a tratei por Pen. Foi vista pela última vez no meu modesto T0.      Para a encontrar é preciso soltar o detective que há em mim. Há que recriar todos os passos até à perda do valioso objeto. E eu que já assisti a várias versões cinematográficas do Sherlock Holmes. Fecho os (...)
22.Out.21

Cenas que me fazem confusão

waitaiumabeca
Música nas esplanadas  Como estava uma noite agradável, decidimos jantar numa esplanada. Pouco tempo depois de fazermos o nosso pedido, começamos a ouvir música. Primeiro ainda pensámos que podia ser uma festa dos vizinhos de cima, mas lá acabei por descobrir uma pequena coluna branca, camuflada na parede do restaurante. Não podíamos estar sozinhos numa esplanada, tínhamos que ter a companhia de músicos variados. Apesar de tudo, a música não era muito (...)
13.Out.21

Turismo Sénior

waitaiumabeca
No final de setembro passei uma noite na Vila do Gerês e parecia que tinha adquirido uma experiência Odisseias de turismo sénior.  O hotel de duas estrelas, porque isto de ter um blog não dá dinheiro, tinha Jardim no nome e flores pintadas na fachada. Sentados no hall de entrada estavam pessoas com mais de setenta primaveras. Com o passar do tempo deu para perceber que a média de idades dos hóspedes no hotel era elevada.   Reza a lenda que a água do (...)
26.Ago.21

Cantar de galo

waitaiumabeca
Passei uns dias de férias na aldeia de Alte. Sempre achei uma boa ideia viver numa aldeia, longe da confusão e dos stresses da cidade, desde que não tenha galos.  Ainda o relógio não marcava as sete horas e o galo de Alte já entrava em ação. Cantava alegremente, em alto e bom som, para toda a vizinhança ouvir, numa espécie de concerto interminável, para o delírio das suas fãs galinhas e para o meu desespero, conseguindo ser mais incomodativo que os sinos da (...)
09.Ago.21

Estou todo vacinado

waitaiumabeca
Dia de levar a segunda dose da vacina contra a COVID-19. Voltei a um sítio onde fui feliz, onde marquei vários golos na minha juventude, o local que antigamente era um campo a céu aberto. Agora é um pavilhão desportivo e graças à vacina fiquei a conhecer todos os seus recantos.  Cheguei perto da hora marcada e havia uma fila longa para entrar. O verdadeiro tuga quer tudo o que seja grátis. A fila avançou depressa e a porta do pavilhão já estava próxima, (...)
24.Jun.21

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim

waitaiumabeca
Partida da marina de Ponta Delgada em direção ao alto mar, em busca de baleias e familiares. Pouco antes do barco partir chega um jovem casal que ficará para sempre na minha memória. Ele com uma máscara do Rato Mickey, ela bastante branca e a puxar para o forte. O atraso deles pode muito bem ser explicado pelo que aconteceu horas depois.  É a primeira vez que faço uma viagem tão longa de barco e tenho medo de enjoar. Dizem que o truque é olhar para o (...)
27.Mai.21

Noite Mágica

waitaiumabeca
Fui ao Magical Garden para ver luzes à noite. Apesar do título do espetáculo ser em inglês, o que normalmente significa que é algo apenas para turista ver, decidi arriscar e ver o show.  Visitei o jardim sem saber muito bem o que iria encontrar. Fui às escuras.  Ao atravessar o arco íris de boas vindas, dá-se entrada no Egito Dourado, que é composto por deuses egípcios, camelos, lobos, carneiros e ananases. Depois de passar pela árvore da (...)
16.Mar.21

Desconfinando

waitaiumabeca
Começou o desconfinamento e é a loucura! Agora já é possível ir a um café e pedir um café. Onde é que se já viu isto!? Obter algo cujo nome é igual ao local onde vais é simplesmente mágico. Milhares de pessoas que têm máquinas Nespresso ou similares e que mesmo assim preferem se deslocar para o café mais próximo para obter “um cafezinho a sério” num copo de plástico. Mas nada de ficar no convívio nas imediações do estabelecimento, é para matar o víci (...)
28.Fev.21

Confinamento, a quanto obrigas

waitaiumabeca
No primeiro confinamento consegui evitar, mas tudo aponta que neste já não irei escapar: Vou precisar de cortar o meu próprio cabelo. Pareço cada vez mais o fruto da relação de um elemento de uma banda de covers dos Beatles com um cão de água. Há vídeos no Youtube que ensinam a cortar o próprio cabelo com recurso a fita cola, mas tudo me parece demasiado arriscado, inclusivé a inscrição no canal do cabeleireiro da internet. Sempre posso rapar o cabelo com a velhi (...)